História

Desde 1987 com o Sul do mundo

Nascido em 1985 em Mirano (província de Veneza, Italia) e legalizado dois anos mais tarde como associação sem fins lucrativos, desde a sua fundação o Cesvitem tem garantido um apoio a quase 10.000 menores de idade, através de projetos de apoio a distancia e tem promovido a realização de mais de cem projetos de solidariedade e cooperação em 11 diferentes países em África, America Latina e Ásia.

No âmbito jurídico, em 1989, com a assinatura do primeiro contrato para um projeto de desenvolvimento, ganha o reconhecimento como organização não governamental  (ONG) da Comissão Européia.  Desde 1998 está cadastrado como organismo sem fins lucrativos de utilidade social  (Onlus).  Desde 2003 é reconhecido como ONG pelo Ministério das Relações Exteriores italiano.

Desde 1990 faz parte do Cipsi (Coordenação de Iniciativas Populares de Solidariedade Internacional), uma coordenação nacional que associa atualmente mas de 40 ONG e associações da sociedade civil italiana que tem objetivos de cooperação internacional e trabalham através de programas de desenvolvimento e iniciativas de ensino para o desenvolvimento com um foco de parceria.

Pelo forte engajamento nos projetos de apoio a distancia, em 1999 une-se à La Gabbianella, coordenação para a promoção, a tutela e o desenvolvimento do Sad na Itália. Em 2000 assina a Carta de Princípios para o Apoio a Distancia, fruto de um largo trabalho de contraste entre uma centena de associações italianas que trabalham no setor. Desde 2010 está inscrito no Elenco das Organizações Sad instituído pela Agencia italiana para as  Onlus.

Em  2002 abre uma sede de representação própria em Trujillo (Peru), acompanhada, em  2003, pela abertura da sede de Maputo (Moçambique).

Traduzido ao Português no âmbito da iniciativa de traduções gratuitas das páginas web para associações do Mondo Services. Tradutor: Sheyla Saade Marquis